sábado, 3 de janeiro de 2009

Era uma vez...

Era uma vez, uma garota com 16 anos que queria estudar em um colégio.
Para isso ela precisava de um desconto. 
Foi quando um senhor, muito gentil, dono de uma agência de modelos e sócio do colégio, ofereceu o desconto a tal garota em troca dele agência-la.
Começa o curso na agência, o professor e sócio da agência era muito bonito, simpático e incrivelmente legal.
A garota não conseguia parar de olhar pra ele, mas como ela tinha 16 anos e ele 23, ela era modelo dele, e ele não demonstrava nenhum interesse por ela, ela considerava impossível.
Meses e meses de curso, trabalhos e trabalhos como modelo, a convivência entre esses dois foi aumentando, a troca de olhares e indirectas também. As outras modelos começaram a comentar que ele não tirava o olho dela.
A garota, começou a ficar nervosa quando o via, arrumava 1000 desculpas para encontra-lo.
Até que um dia, ele a chamou pro aniversário dele. Uma festa cheia de gente que ela não conhecia, de um cara mais velho, ela ficou apreensiva, mas gostava dele.
Ela se encheu de coragem e foi. Ela não sabia chegar na casa dele, ele a pegou na metade do caminho. "Vamos no supermercado!" ele disse, e ela "ok!". No supermercado ele fala: "cade o meu presente?", a garotinha fica rocha de vergonha e diz que não trouxe nada.
Ela pensa: "te dou um beijo". Ele pensa: "queria um beijo"

Chegando na festa, ele apresenta as pessoas, chega numa mulher e diz: "essa é a fulana, ela mora aqui comigo".
O chão podia abrir naquele momento. Mas a garota foi de uma presença de espírito que nunca tivera antes.
Sorriu, linda para a fulana, e conversou a noite toda com ela, mesmo com o coração partidinho.
No final da noite, o irmão dele e a fulana, levaram a garotinha para a casa dela.
Mesmo assim, ela e ele mantiveram o contato, troca de olhares, indiretas e brincaderinhas, nos momentos que se encontravam.
Ela fazia questão de passar sempre enfrente do edificil onde ele trabalhava, ia sempre na agência sob qualquer pretesto. Um dia ela não o encontrou mais, e perguntou por ele, e a resposta que ouviu foi: " ele foi embora, voltou pra cidade dele".
Os olhos encheram de lágrima, ela foi pra casa correndo, ficou lembrando de todos os "momentos" deles.
Passado algum tempo, em um desfile, quem volta... ELE.
Dessa vez ela não poderia perder ele. Espera alguns dias  liga pra ele, "preciso falar com você urgente!", mas na verdade ela não tinha nada pra falar.
Mesmo assim conversam durante horas e ela convida-a para conhecer a mãe e a filha dele que estavam na cidade.
Para tudo! Ela se enche de coragem e diz sim.
Eles vão, e combinam em beber alguma coisa no dia seguinte. Que era um domingo de chuva.
A gartinha maloca um garrafa de wisky na bolsa, ele pega ela em casa e vão pra casa dele.
Um copo de wisky, eles começam a brincar com um chapéu, ela arruma o cabelo dele e ele pra retribuir arruma o cabelo dela fazendo tipo um cafuné e a beija.
MAS E A FULANA QUE MORAVA COM ELE????
Ela morava lá sim, mas já tinha terminado com ele. Ufa!
A coisa vai esquentando, ele a leva pro quarto, tira a roupa dela.
Ela tremia como uma vara verde, tava nervosa, isso nunca tinha acontecido. Ele percebe que ela tinha um "impedimento", daqueles que acontecem uma vez por mês, e para tudo.
Otimo
No dia seguinte eles se encontram no trabalho. Ele é super fofo com ela.
Na terça feira ela volta pra casa dele, eles se beijam, era um beijo que a tirava do eixo, de órbita, fora do corpo. As coisas esquentam, eles vão pro quarto, ele tira a roupa dela, e percebe que não tem mais aquele impedimento.
Ela fica mais nervosa ainda, ele tenta colocar o p... mas não consegue.
Ai ele percebe que a gorota era realmente uma garotinha, e virgem.

Três dias depois eles estavam namorando e apaixonados.

*Safa* Com saudade do número 1

28 comentários:

Cansada de ser boazinha disse...

Nossa, que história. Deu vontade de me apaixonar de novo...
Bjo

Loira e Morena disse...

Safa...que linda essa historinha!!!
Menina, nem todos tem esss sorte no primeiro namorado ou na primeira paixão!!!
Adorei mesmo..

Beijocas da Loira

Dando a Bunda pra Bater disse...

Menina de sorte, não?

Beijos e bom 2009!

Enfil

Málvadinha disse...

Que sorte hein!!!
Bjs

Sophie disse...

Linda história!
Não acontece todo dia hein...
=***

Loira e Morena disse...

A historia é linda!!
Boa sorte com o n° 1!!

Beijaooo da Morena!

Vika disse...

mas q graça...
XD

Ric@rdo disse...

Que odisséia!
Coisas do coração...

Bjs.

Bárbara Riolino disse...

hum.....


conheço um pouquinho essa história hehehehehehehe

Ooops =x

beeeeijão ;*

Cadinho RoCo disse...

Pois aí está jeito gracioso de matar a saudade do número 1.
Cadinho RoCo

Malaguetta disse...

adorei ;x
conheci meu namorado assim +/-

MELISSA S disse...

A história é verdadeira? Beijos

Janaína Moraes disse...

Olá, estou visitando o seu blog pela primeira vez e resolvi aproveitar para fazer um convite: conheça o Estórias medíocres tbm.
Tenho certeza que vc vai gostar.

Passa lá?!
http://estoriasmediocres1.blogspot.com

o casalqseama* disse...

deu até pra sentir op friozinho na barriga...



rsrs

meninas, safa e fada,
um 2009 super pra vcs!!!

bjão carinhoso da fê =D

suavesencantos disse...

Uma suave e bela história,


bjos.

Julie... disse...

Desculpe a demora pra aparecer, rs.

Obrigada pela visita. Eu já havia visitado o blog de vcs
=D

E ahhhhh... Os XXX são riscandos os corações que fiz quando me apaixonei, hehehe..

Bjão.

Cansada de ser boazinha disse...

Oi! Deixei um meme pra vc no meu blog!
Bjos

Dando a Bunda pra Bater disse...

Bom final de semana!

Enfil

Loira e Morena disse...

Meninas cada vez que vcs mudam o Topo do Blog, colocam uma foto mais bonita q a outra...
Sempre arrasando com imagens da sedutora Marlyn hein!!
Saudades, cade vcs que naoe stao mais postando hein?..rs

Beijocas Loira

*Silvia Alencar* disse...

Passei pra te desejar um bom final de semana.
Beijos...

luh...=) disse...

Oiee..
Olhando uns blogs viu o seu..
entrei e adorei...
a historia é mt boa..
bjuss..
=)

*K-rol* disse...

chocante e bonita!
soh keria saber se eh real...

sei lah, saum tantos contos....!hihii!

bom, primeira vez que passo por aki, jah vi vcs em varios blogs e resolvi espiar!

boa semana!
beijos!

Gurizinho disse...

uau...q história...ao longo do texto fiquei imaginando que tipo de final teria e me surpreendi...

Uma surpresa boa, muito boa. Muito legal o blog...já favoritei =]

Ahh...deixei um meme indicando vc no meu blog!

Apareça lá para saber do que se trata...

Eu e a solidão disse...

Gostei da história, coisa boa de se lembrar não?!!

Beijos!!

Better MAN disse...

Coisa boa sentir isso aí tudo. Vez ou outra a gente encontra alguém que faz tudo parecer a primeira vez novamente.

Senti isso lendo esse texto. Voltarei mais vezes.

Beijos

Rafhitch disse...

Bela estória, ou seria história mesmo? Pq no final fiquei na dúvida se foi uma estória ou se é uma história de verdade.

Hehehehe

Beijoss!

Amandinha Sorriso disse...

LINDA ADOREI SEU BLOG E ESSA LINDA HISTÓRIA DE AMOR BJSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS!

Autor disse...

rsrsrsrs Colocar números é bem original. Se bem q fica parecendo classificação às vezes. de qualquer forma... quanta determinação, hein? bjs!